quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Piadas de Putas


POTÊNCIA CHINESA

Um chinês muito pequenino e amarelo chega perto de uma puta e diz:
— Quanto cloba por uma noite toda?
— A noite toda? Coitado! Você não agüenta nem cinco minutos!
— Chinês güenta. Quanto é?
— Como você é fraquinho e pequenino... 50 reais, vai.
E lá se foram. O chinês a levou para o hotel onde estava hospedado. Despiram-se, ela deitou-se e, inesperadamente, o chinês, todo nu, começou a fazer ginástica:
— Um... Dois... Tlês...
Nisto passa por debaixo da cama, salta para cima dela e pimba dá uma! Salta novamente para fora e recomeça a ginástica:
— Um... Dois... Tlês...
Passa de novo por debaixo da cama, salta para cima dela e tunga, duas. Recomeça a ginástica e assim por diante.
Já ía em oito. A puta coitada, já estava toda partida. Pensou: “Porra, este china nunca mais pára. Já não agüento mais. O segredo deve estar na ginástica." E se vira para ele:
— Ei, pára com isso! Vem tu pra cama que eu agora vou fazer a ginástica.
Assim foi. O chinês deitou-se e ela começou a ginástica:
— Um... Dois... Três...
Passou por debaixo da cama e... Estavam lá oito chineses.

A FORMIGA E QA CIGARRA

A formiguinha está voltando do trabalho, cansada, quando ao passar diante da mansão da cigarra, vê a bichinha saindo cheia de malas.
— Você vai viajar? — pergunta a formiga, com voz cansada.
— Sim! Agora que me tornei uma cantora famosa, fui convidada para fazer um turnê pela Europa: Paris, Munique, Amsterdã, Londres, Roma. Você quer alguma coisa de lá?
— Sim, se não for muito incômodo!
— O que é?
— Se você encontrar um tal de La Fontaine, em Paris, manda ele pra puta que o pariu, tá?

UM NAÚFRAGO DE SORTE

Depois de um ano de trabalho duro, Vladmir saiu de férias e resolveu viajar em um caríssimo cruzeiro marítimo. Depois de duas semanas de viagem, o navio naufragou e somente ele e mais seis mulheres conseguiram se salvar, nadando até uma ilha deserta.
Passada uma semana, todas as mulheres queriam transar com ele e, diante desse terrível problema, Vladmir resolveu fazer uma proposta:
— Cada dia da semana eu transo com uma de vocês!
Sem opção, as mulheres aceitaram a proposta. Na segunda-feira Vladmir transava com a Renata. Na terça com a Júlia. Na quarta com a Fabiana. Na quinta com a Cláudia, na sexta com a Michelle e no sábado com a Patrícia.
No domingo ele descansava porque ninguém é de ferro! Depois de alguns meses nessa massacrante rotina, ele estava pescando e avistou um outro sujeito dentro de um pequeno barco, vindo em direção à ilha. Então ele pensou "Beleza! Agora eu vou poder dividir as mulheres com aquele cara! Vai sobrar mais tempo pra descansar!".
Depois de alguns instantes, o sujeito chegou até a praia e Vladmir se apressou em ajudá-lo a descer do barco. Quando o novo visitante encostou na água deu um tremendo grito:
— Aaaaaaai, que horror! Que água mais gelada! Cruzes!
Vladmir, decepcionado, resmungou:
— Puta que o pariu... Lá se vai o meu domingo!


POTENCIALMENTE X REALMENTE

O pai estava vendo televisão tranquilamente, quando o filho, que brincava em sua frente, surge com uma pergunta:
- Pai, qual é a diferença entre potencialmente e realmente?
- O pai pensa um pouco e responde:
- Filho faz o seguinte; primeiro, pergunta a tua mãe se por 1 milhão de dólares ela faria amor com o Richard Gere.
Depois, pergunta a tua irmã se por 1 milhão de dólares ela faria amor com Brad Pitt.
E, finalmente, pergunta ao teu irmão se por 1milhão de dólares ele faria amor com o Tom Cruise. Quando me trouxer as respostas, eu te explico a diferença entre potencialmente e realmente.
Horas depois, o filho voltou e descreveu ao pai as respostas :
- A mãe disse que nunca pensou em te trair, mas que por 1 milhão de dólares, e com o Richard Gere, ela não pensaria duas vezes.
- A mana respondeu que seriam dois sonhos realizados de uma só vez. Dar uma com o Brad Pitt e ainda por cima ficar milionária.
- E, finalmente, meu irmão disse que por 1 milhão de dólares faria amor até com o Lula, quanto mais com o Tom Cruise!
Então o pai respondeu:
- Pois é isso, meu filho. Potencialmente, a nossa família tem condições de ganhar 3 milhões de dólares. Mas realmente o que temos, são duas putas e um viado!

IMPULSO TELEFONICO

Toda vez que o padre viajava, o papagaio aproveitava para ligar para a sua família no Amazonas. E ficava horas e horas pendurado no telefone.
Até que um dia, o padre teve de voltar antes do esperado e pegou o bicho no flagra.
— Agora eu entendi porque quando viajo a conta telefônica vem tão cara!
— Currupaco! Currupaco! — fez o papagaio. — Páco, não briga comigo não! Juro que não faço mais isso!
— Eu tenho certeza de que você não vai mais fazer — ponderou o padre, — depois do castigo que eu vou lhe dar.
E pegando dois pregos enormes, pregou o bichinho na parede com as asas abertas.
— Pronto! Vai ficar aí durante uma semana pra aprender a se comportar.
O papagaio ralhou por algumas horas, mas depois se conformou. Afinal, uma semana não era tanto tempo. Nisso, percebeu que ao seu lado havia um crucifixo.
— Ei, cara! — disse, voltando-se para o crucifixo. — Há quanto tempo você está pregado aí?
Ao que Jesus respondeu:
— Há dois mil anos, meu filho!
— Puta que o pariu! — surpreendeu-se o papagaio. — Você ligou pra onde?

PAI NA ZONA

O filho vai à zona e dá de cara com o pai abraçado com uma vagabunda.
— Ô pai! Mas que puta sacanagem! A mamãe dormindo lá em casa e o senhor aqui, transando com essas vagabundas!
— Mas, meu filho! Você acha que eu iria acordar a sua mãe só por causa de cem reais?

AMIGO DA ONÇA

Depois de muito tempo insistindo, o sujeito consegue levar a secretária gostosíssima para um motel. Mal chegaram, ele tira a roupa, pula em cima dela e...
Nada. Tenta de tudo quanto é jeito e... Nada.
Até que por fim desiste e leva a garota até a casa dela.
Mais tarde, já em casa, enfia-se debaixo do chuveiro. Dez segundos depois está com o negócio rijo como uma pedra.
— Filho da puta — diz, olhando para o meio das pernas. — Agora que você se manifesta... Depois da vergonha que me fez passar, ainda tem coragem de ficar aí, olhando pra cima, rindo da minha cara? Demorei mais de seis meses para convencer aquela mulher a se deitar comigo e você me dá uma dessas... Que decepção!
Nisso, deixa escapar um peido barulhento. Vira-se para trás e bronqueia:
— E você aí vê se fica quieto que o seu passado não é dos melhores...

O SEU MARIDO ESTÁ EM CASA

O bebum andava pela rua, cambaleando e cantando "Viver e não ter a vergonha de ser feliz. Cantar e cantar e cantar..." até que parou em frente a uma casa e gritou:
— Ô, mulher! O seu marido tá aí?
Então saiu uma mulher na varanda e falou:
— Está dormindo!
— Então deixa! — disse o bêbado, continuando a cambalear.
Então ele fez isso mais uma vez, duas, três e, na décima:
— Ô, mulher! O seu marido tá aí?
— Tá nada! — disse a mulher, pela janela, nervosa — O filho de uma puta saiu pra beber e até agora não voltou!
— Opa... Então a senhora poderia vir aqui embaixo ver se sou eu?

 CONFISSÕES SECRETAS

A loira deliciosa vai até a igreja se confessar:
— Padre, eu transei com meu namorado!
— Tudo bem, minha filha. Isso nem é mais pecado hoje em dia...
— Mas padre, mas eu também dei a bunda pra ele!
— Bom, aí já é diferente! Eu vou até a sacristia verificar qual é a penitência adequada e já volto.
Se passam alguns minutos e nada do padre voltar... A loira começa a ficar preocupada com a penitência e envergonhada com a situação e então sai do confessionário.
Logo depois da loira sair da igreja, entra um rapaz para se confessar. O padre volta e, sem perceber que a loira tinha saído, diz:
— Deixe-me ver aqui na lista... Quantas vezes você deu a bunda?
E o rapaz responde:
— Só uma vez quando eu era criança, mas vai adivinhar assim lá na puta que o pariu!
 BAGUNÇA NO BORDEL

Noite de diversão. O puteiro estava animadíssimo.
As garotas passavam pra cima e pra baixo em seus trajes minúsculos, os homens bebiam e atiravam gracejos, a música corria solta, alguns dançavam... Quando, de repente, sai o maior quebra pau: Soc... Pum... Uhhh... Soc...
Aí o papagaio, corajoso que ele só, correu pra se esconder no banheiro. Para aumentar a proteção, entrou no vaso da privada, abaixou a tampa e ficou quietinho, prendendo a respiração.
Meia hora depois, a tampa se abre e uma das prostitutas se senta para se aliviar.
— Puta que pariu! — exclama o papagaio, ao ver a paisagem. — Que baita navalhada!

QUERO SER PUTO

O pai conversa com o filho de cinco anos:
— Fala pra mim, filhão! O que você quer ser quando crescer?
O garoto pensa por alguns segundos e diz:
— Acho que eu quelo sê puto!
— O que voce disse? — grita o pai, puxando a fivela do cinto. — Não sei onde você aprendeu isso, mas agora você vai levar!
E enche o filho de porradas. Depois de alguns minutos e muito choro, ele volta a falar com o garoto:
— E então, filho... Fala pro papai de novo: o que você quer ser quando crescer? Será que você mudou de idéia?
— Mudei papai — sussura a criança, soluçando. — Agola acho que eu quelo sê Pateta!

COCÔ DE CADELA

O PM ficou puto quando pisou num cocô de cachorro, que no caso, era uma cadela. Achou o dono do bicho e deu aquela bronca:
— Escuta aqui, moleque! Se essa cadela vagabunda cagar de novo na calçada, eu meto o cacete nela, entendeu?
E o menino:
— Legal! Assim vou ganhar uns filhotinhos de cachorro policial!

PRIMEIRA VEZ

O índio chega num bordel e pede:
— Índio quer mulher gostosa!
Ao que a dona do bordel pergunta:
— É a primeira vez?
— Sim, primeira vez!
— Então procura um buraco de uma árvore pra você aprender e depois volta aqui!
Na semana seguinte, o índio volta, todo eufórico.
— Índio quer mulher gostosa! Índio agora tem experiência!
A dona indica uma das meninas, e os dois vão para o quarto.
Assim que a garota ficou nua, deitou-se na cama e abriu as pernas, o índio sacou uma vara de bambu e enfiou na xana da garota.
— O que você está fazendo? — reclamou ela.
— Índio quer saber se tem abelha no buraco! 
QUESTÃO DE TAMANHO
Os três garotos resolvem conhecer o prostíbulo daquela cidadezinha.
No local só tinha uma moça disponível e, como tinham pouco dinheiro, os garotos propuseram pagar conforme o tamanho do pênis, um real por centímetro.
A vagabunda concordou e o primeiro dos três foi ao quarto com ela. A profissional do sexo mediu o pênis do rapaz, cobrou e foi pra cama com o garoto. Alguns minutos depois, ele voltou todo feliz e comentou:
— Paguei 15 reais!
O segundo, um crioulo, entrou ao quarto e voltou meia hora depois, gabando-se:
— Paguei 20 reais!
E o terceiro, um turco, ingressou ao quarto da moça e saiu após uma hora, fumando:
— Paguei cinco reais!
Os outros dois soltaram uma gargalhada e começaram a tirar sarro do menino turco. Então, ele disse:
— Não é aquilo que vocês pensam, seus burros! Acontece que eu só medi na saída!

NA ZONA

O bêbado entra na zona e grita:
- Eu quero uma vagaba! Eu quero uma vagaba!
O gerente, preocupado com a reputação da casa, pede para uma moça o levar a um dos quartos e lhe dar uma boneca inflável.
Dez minutos depois o bêbado está de volta:
- Me manda outra vagaba que aquela lá é maluca!
- Maluca? - perguntou o gerente, se fazendo de besta. - Como assim?
- Eu dei uma mordida na bunda dela, ela deu duas cambalhotas e saiu voando pela janela!

PRESIDENTE NA ZONA

Lula entra numa casa de mulheres, senta-se no balcão do bar ao lado de uma linda garota de programa e diz:

— Sou o presidente de todos os brasileiros, o preferido de 70% dos eleitores e aclamado para resolver todos os seus problemas. Quanto você quer para passar uma noite comigo?
Ela responde:
— Se o Senhor conseguir fazer o seu pênis crescer como fez com os juros, e mantê-lo duro como estão todos os brasileiros...
O presidente não sabia o que fazer. E a prostituta continuou:
— Ah, se o senhor levantar minha saia como está fazendo com os impostos, baixar minha calcinha como está fazendo com os salários, mudar de posição como mudou na sua vida política e me comer com tanto jeitinho como está fodendo o povo brasileiro... É de graça!

NÃO SOU MAIS VIRGEM

A filha de 10 anos, chega em casa e diz á todos:
- Eu não sou virgem. Sou uma vaca.
O pai, fica nervoso e fala:
- A Culpa é da Kátia, sua irmã mais velha, que fica se amassando com o seu namorado.
A mãe, fala:
- A culpa é de Seu Pai, que vem aqui e traz suas putas, e ainda se despede na nossa frente. Nós não somos bobas!
Em meio á discussão, a mãe pergunta á filha:
- Como isso aconteceu?
A garota diz com a voz trêmula:
- A professora me tirou do papel de ser a virgem no presépio e me colocou como a vaquinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário